• Home
  • |
  • Sobre
  • |
  • Vivendo e Aprendendo
  • |
  • Lifestyle
  • |
  • Beleza
  • |
  • Contato
  • 12 de outubro de 2018

    ROSA É A COR DA VIDA


        Uma em cada oito mulheres terá câncer de mama durante a vida. Se detectado em fases iniciais, em grande parte dos casos, aumentam  as chances de tratamento e cura.
        Diante disso resolvi, junto com minha fotógrafa, entrar nessa campanha do outubro rosa, usando meu corpo e minhas redes sociais para conscientização e prevenção do câncer de mama ,através do autoexame e da mamografia.
       Eu tive um caso na minha família, foi com minha mãe de coração, a minha mãe Dô. 
       Passei uma parte da minha infância convivendo com toda a dor e sofrimento que essa doença pode trazer. A retirada das mamas, a quimioterapia, a perda dos cabelos, tudo isso ficou muito marcado na minha memória e me fez  entender desde cedo o verdadeiro valor das pessoas na minha vida. . 
        Ela venceu dois cânceres de mama, mas infelizmente, por outro motivo, Deus a chamou muito cedo,  porém a lição que ela deixou foi muito maior que a dor. Um exemplo de perseverança, de coragem e garra  de uma mulher, que mesmo nos piores dias não perdeu  a auto estima,  a fé e a vontade de viver.




    Eu e minha mãe do coração








      photo: @rosepaulifotografia
      make: @amandaallgayermakeup
      hair :  @ sijuchemhairstyle

    9 comentários:

    1. Carol, que ensaio maravilhoso!
      É doloroso demais passar por isso e/ou acompanhar alguém que tenha. Essa campanha é importante demais, pois há chance de cura sim, basta sabermos identificá-la no início.

      Beijo!
      Cores do Vício

      ResponderExcluir
    2. PARABÉNS! Também passei por esse processo com a minha mãe, mesmo que não precisou fazer um tratamento tão agressivo pois ela só retirou a mama, sentimos na pele as coisas mais confusas e medos que nem gostos de pronunciar! A saúde em primeiro lugar sempre! As fotos ficaram lindas!

      ResponderExcluir
    3. Oi!
      Não acompanhei pessoalmente ninguém que tivesse enfrentado essa batalha mas imagino o quão difícil e dolorosa ela é,por isso a extrema importância de conscientizar de todas as formas possíveis.Seu ensaio ficou lindo, parabéns!
      Beijos!
      Por Livros Incríveis

      ResponderExcluir
    4. Que lindo 😍😍😍
      Morro de saudades da tia Dô❤️

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Obrigadaaaa Duda. Onde ela estiver estará olhando por nós.❤️

        Excluir
    5. Não passei por isso, em perder alguém próximo com essa doença, mas tenho total consciência da dor que deve ser. Parabéns pelo o ensaio e pelas palavras, temos que ter acompanhamento medido para prevenir ou tratar.

      ResponderExcluir

    © Carol Farias - 2018. Todos os direitos reservados.
    Layout e codificação: GLEICY HANER - DESIGNS E FOTOGRAFIA .
    Tecnologia do Blogger.
    imagem-logo